Burger King lança coleção de máscaras como brinde do seu combo infantil

Máscaras para as crianças foram desenvolvidas em conformidade com as recomendações da OMS e do Ministério da Saúde


Atualmente, as medidas mais efetivas – reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) – de proteção contra a Covid-19 são o uso de máscaras, a higienização das mãos e objetos, e o isolamento social. Neste contexto, o Burger King anuncia o lançamento de uma linha colecionável de máscaras que tem como objetivo estimular o uso infantil do artigo de proteção, uma vez que o Brasil conta com mais de 35,5 milhões pessoas abaixo dos 12 anos em sua população, de acordo com o IBGE.

A ação visa impactar os pais e as mães que, muitas vezes, têm encontrado desafios no estímulo às crianças em relação à adoção do hábito – essencial para contenção da disseminação do vírus. As máscaras poderão ser levadas para casa na compra do combo King Jr. nos restaurantes do BK. Os itens estarão disponíveis em todas as lojas do Brasil a partir da quarta-feira, 19/08.

Serão seis modelos diferentes de máscaras – Cachorro, Coelho, Gato, Jacaré, Tubarão e Urso – de tecido lavável, para fazer desse momento desafiador um pouco mais leve e compreensível para os pequenos.



Como exemplo da necessidade do uso do artigo de segurança, segundo dados de inquérito sorológico realizado pela prefeitura de São Paulo (SP), sem o uso de máscaras a população corre três vezes mais risco de contrair a Covid-19. Considerando a importância da utilização correta do equipamento de proteção, a máscara do Burger King foi desenvolvida em conformidade com as recomendações da OMS e do Ministério da Saúde. Os itens contam com duas camadas de tecido, interno algodão e externo poliéster, e têm modelo anatômico, que protege as vias respiratórias do contato com gotículas.

As máscaras estarão disponíveis no combo King Jr. até o dia 29 de setembro por R$ 19,00 (valor sugerido), porém também existe a possibilidade de comprar as máscaras separadas pelo valor unitário de R$ 14,90.



Essa não é a única iniciativa do BK na pandemia. A rede de fasto food foi uma das primeiras empresas a realizar doações como forma de apoio no combate a pandemia. Em março, foi destinada parte da renda líquida das vendas do mês para o SUS, somando R$1 milhão. O Bk também realizou a doação de 575 mil unidades de hambúrgueres – o equivalente a 66 toneladas, para comunidades em vulnerabilidade de São Paulo e Rio de Janeiro. Na totalidade, foram mais de 223 toneladas de alimentos para ONGs e projetos que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social e, ao todo, um total de R$ 4,8 milhões de reais doados o momento.

4 visualizações