Com pandemia, Oscar vai permitir que filmes lançados no streaming concorram ao prêmio

Decisão vale apenas para a edição deste ano; Academia também confirmou que categorias de som serão unificadas


Academia de Artes e Ciências Cinematográficas realizou nesta terça-feira (28) uma reunião entre os governadores de seus braços para decidir o futuro do Oscar frente o atual cenário de pandemia, onde os cinemas ao redor de todo o globo estão fechados para evitar a disseminação do coronavírus. A resolução encontrada pela organização é histórica: pela primeira vez na história, a premiação maior de Hollywood vai permitir que filmes lançados diretamente no streaming se qualifiquem para uma indicação.



A decisão é temporária, entretanto. No anúncio no site oficial da entidade, a Academia escreve que a mudança nas regras de qualificação é válida apenas para a próxima edição e a produções que “tinham um plano de lançamento para os cinemas” e decidiram por uma estreia adiantada no streaming e no VOD estadunidense. A indicação a estas produções é possível em todas as categorias, desde que os projetos se enquadrem nos critérios de elegibilidade do Oscar e sejam disponibilizados no streaming da Academia em até 60 dias após o debute nas plataformas.


“A Academia acredita firmemente que não há melhor maneira de desfrutar a magia dos filmes que assisti-los no cinema.” escreve o presidente David Rubin e a CEO Dawn Hudson no comunicado; “Ainda assim, a histórica e trágica pandemia do coronavírus tornou necessária esta exceção temporária a nossas regras de qualificação. A Academia apoia nossos membros e colegas durante este momento de incerteza”.


Além de admitir o streaming na briga pelo Oscar, a entidade também anunciou uma série de mudanças para a lista de prêmios, incluindo uma mudança drástica: as atuais categorias de Edição de Som e Mixagem de Som serão unificadas, com a estatueta batizada de Melhor Som. De acordo com a Academia, a alteração visa recompensar o “esforço coletivo” em torno do departamento e deve manter o número máximo de seis estatuetas entregues por vencedor.

As estatuetas de Filme Internacional e Canção também passaram por mudanças, embora puramente técnicas. Enquanto o prêmio de música remodelou o porcentual de composições originais necessários para cada faixa elegível (80% para trabalhos no geral, 60% no caso específico de sequências e remakes), a honraria dedicada a produções estrangeiras agora vai permitir que todos os votantes participem da primeira fase de votação, que define a pré-lista divulgada entre novembro e dezembro para facilitar a escolha dos indicados.

A 93° cerimônia do Oscar acontece no dia 28 de fevereiro de 2021.

0 visualização