Máscara tecnológica traduz em 9 idiomas o que você fala

Com uma vacina Covid-19 ainda muito distante, as máscaras farão parte de nossa vida no futuro próximo.


Por isso, uma startup japonesa está tentando maximizar sua utilidade e desenvolveu uma máscara tecnológica que não oferece apenas proteção; mas também traduzirá para outros idiomas o que você fala.

A Donut Robotics acaba de lançar o C-Mask, uma “máscara inteligente” conectada à Internet que traduz para oito outros idiomas. A cobertura plástica branca do rosto se encaixa sobre uma máscara de pano padrão e traduz a fala do usuário em outro idioma por meio de um smartphone ou tablet.


Imagens: Divulgação/Donut Robotics

Contudo, a C-Mask traduz palavras faladas em japonês, inglês, chinês, francês, coreano, tailandês, bahasa, espanhol e vietnamita e depois transmite as informações para o aplicativo correspondente usando Bluetooth.

Além disso, o aplicativo pode enviar a tradução como uma série de mensagens de texto, fazer chamadas ou amplificar a voz do usuário, algo que qualquer pessoa que use uma máscara em público sabe que é útil.


Primeiramente, pouco antes do início da pandemia, a Donut Robotics tinha acabado de assinar um contrato para fornecer guias e tradutores de robôs ao aeroporto de Haneda, em Tóquio. No entanto, com menos pessoas voando por causa da pandemia, os engenheiros da empresa começaram a trabalhar em produtos que poderiam ajudar a enfrentar a incerteza financeira do momento.

“Trabalhamos duro por anos para desenvolver um robô e usamos essa tecnologia para criar um produto que responda a como o coronavírus reformulou a sociedade”, disse o CEO da empresa, Taisuke Ono.

Em segundo lugar, a C-Mask, que custará US$ 40 (R$ 215), foi financiada em parte pelo site japonês de financiamento coletivo Funddido.


A empresa inicialmente esperava arrecadar 7 milhões de ienes (R$ 350.000) através da plataforma, mas acabou arrecadando um total de 28 milhões de ienes (R$ 1.4 milhão) em apenas 37 minutos.

Por fim, as primeiras máscaras da Donut Robotic serão enviadas aos compradores em setembro, e a empresa espera começar a vender o produto na China, Europa e EUA em um futuro próximo.



2 visualizações