Paulo Gustavo vem a Brasília com show musical com sua mãe, Déa Lúcia

‘Filho da Mãe’ resgata a carreira de cantora de Dona Déa e celebra a relação entre os dois. Show em única apresentação no Centro de Convenções Ulysses Guimarães


A estreia de ‘Minha Mãe é Uma Peça’ (2004) é um divisor de águas na carreira de Paulo Gustavo. O espetáculo o tornou conhecido nacionalmente e, após o início em um pequeno teatro, segue em cartaz até hoje em grandes casas para milhares de espectadores. Sua versão cinematográfica rendeu dois filmes e o recorde de 15 milhões de ingressos vendidos. Não é segredo que a personagem e o texto foram inspirados em sua mãe, Dona Déa Lucia, que também conquistou seus fãs com pequenas participações em projetos do filho.

Para celebrar esta relação tão especial, Paulo Gustavo e Déa Lucia estarão juntos em cena a partir de 6 de abril, quando se inicia a turnê nacional de ‘Filho da Mãe’, show musical em que os dois vão cantar e contar as – divertidas, é claro – histórias de tantos anos de convivência. Com direito a uma super banda e direção musical de Ricardo, o show nasceu da vontade de Paulo Gustavo resgatar o passado de Déa, que teve uma carreira de cantora até o início dos anos 2000, quando formou um grupo responsável por animar festas de casamento, eventos, bailes e até serestas. ‘Ela sempre quis ser cantora. Quando precisava nos sustentar, trabalhava em colégios durante o dia e cantava à noite, mas nunca fez um show assim, em teatro, com produção, cenário e banda. Quis dar este presente e fazer esta homenagem para ela’, conta o ator, que preparou uma superprodução para o primeiro encontro entre eles no palco.



A ficha técnica de peso conta com cenografia de Carratu, iluminação de Marcos Olívio e figurino de Felipe Veloso. Ao longo do processo de ensaios, a dupla se dedicou a uma extensa preparação que inclui sessões de fonoaudiologia e muitas horas por dia com Zé Ricardo e a banda, quando A se envolviam na concepção dos arranjos e na formatação do roteiro.

Acompanhados por André Siqueira (percussão) Claudio Costa (guitarra), Marcelo Linhares (baixo), Mauricio Piassarollo (teclado) e Wallace Santos (bateria), Paulo e Déa vão desfiar um repertório que remete à memória afetiva de ambos, além de alguns hits mais atuais. ‘Quem foi crooner sabe cantar de tudo e gosta de cantar de tudo. Vai ter espaço para muita coisa no show além das canções mais antigas. Tem bossa nova, mas também tem axé, samba e até funk’, enumera Déa, que ressalta a alegria de ter um desafio desse tamanho aos 72 anos.

Dividido por blocos temáticos, o show começa com standards de Bossa Nova, como ‘O Barquinho’ e ‘Lobo Bobo’, entre outras lembranças afetivas do passado musical deles, como ‘Faceira’, canção de Ary Barroso que Paulo gostava de ouvir a mãe cantarolar na infância. Entre uma brincadeira e outra, eles prepararam um set em que vão interpretar hits de boate, cada um de sua época. É quando se misturam sucessos de Wanderléa (‘Pare o Casamento’) com Anitta (‘Bang’) e Preta Gil (‘Sinais de Fogo’).

A ideia é que Déa e Paulo se divirtam no palco tanto quanto a plateia. O humor e a alegria – traços fundamentais na personalidade dela e inquestionável herança genética deixada para ele – dão o tom de toda a apresentação. Seja nas versões bem humoradas das canções, em duetos, nos cacos ou nas histórias que costuram todo o roteiro musical, a ordem é fazer a festa. ‘Ele acha que vou ficar sem graça com as brincadeiras, mas vou deixá-lo louco no palco’, promete Déa Lucia.


FILHO DA MÃE

FICHA TÉCNICA

Com: Paulo Gustavo e Déa Lucia Direção Musical: Zé Ricardo Supervisão Geral: Susana Garcia Cenário: Zé Carratu Iluminação: Marcos Olívio Figurino: Felipe Veloso Preparação Vocal: Fátima Regina Videografismo: Arthur Carratu Design gráfico: Ana França Assessoria de Comunicação: Factoria Comunicação Produção: Claudio Tizo

Produção em Brasília: DECA Produções

Músicos: André Siqueira (percussão) Claudio Costa (guitarra), Marcelo Linhares (baixo), Mauricio Piassarollo (teclado), Wallace Santos (bateria)



Serviço

CENTRO DE CONVENÇÕES ULYSSES GUIMARÃES - Auditório Master

Telefone para informações: 3542 5154

Dia: 15 DE DEZEMBRO

Domingo às 17h Abertura dos portões 16h.

Ingressos: Valores de meia entrada.

SETOR FRONT PREMIUM (Fileiras A a D)

R$180,00

SETOR PREMIUM - R$160,00 meia

SETOR GOLD - R$ 140,00 meia

SETOR VIP - R$120,00 meia

SETOR ESPECIAL - R$90,00 meia

SETOR SUPERIOR - R$ 60,00 meia

(Estudantes, idosos, professores, deficientes físicos e doadores de 1kg de alimento e Clientes BRB pagam meia entrada)

Ingressos a venda Belini 113 sul e loja Bilheteria Digital do Conjunto Nacional (sem taxas e em dinheiro), nas lojas bilheteria digital na central de ingressos do Brasília Shopping e Pátio Brasil ou com cartões pelo site bilheteriadigital.com

Lotação do teatro: 2.800 lugares

Duração: 90 minutos

Classificação indicativa: 14 anos

7 visualizações