Uber Copter: Uber dá início a serviços aéreos nos EUA

Quando a Uber anunciou uma divisão de transporte aéreo, o Uber Elevate, há três anos, a internet e a mídia agitaram-se com as conversas sobre carros voadores se tornando realidade em um futuro não tão distante.

Por: Chrystian Roberto


Embora esses veículos aéreos ainda não tenham sido lançados, o serviço de transporte está se expandindo para o serviço de helicóptero, chamado Uber Copter, a fase de testes iniciou em 9 de julho na cidade de Nova York e no dia 3 de outubro deu início as operações oficiais.

O novo serviço, reservado pelo aplicativo, levará passageiros entre Lower Manhattan e o Aeroporto Internacional Kennedy, um voo de oito minutos.


“Esta é uma viagem que muitos viajantes fazem por dia, e vemos uma oportunidade de economizar muito tempo nela”, disse Eric Allison, diretor do Uber Elevate.


Atualmente, essa viagem de carro pode levar pelo menos uma hora e, no trânsito da hora do rush, pode durar mais de duas horas. Outros modos de transporte, o metrô e a Ferrovia de Long Island, levam entre 50 e 75 minutos. O Uber Copter promete reduzir a experiência total de viagem – incluindo transporte terrestre – para menos de 30 minutos.


“Nosso plano é lançar o Uber Copter para mais clientes do Uber e para outras cidades, mas queremos fazer direito”, disse Allison. “O principal objetivo desse empreendimento inicial é entender as operações por trás dos veículos aéreos”.


Esses clientes podem reservar o Uber Copter sob demanda ou com até cinco dias de antecedência. Os helicópteros acomodam até cinco pessoas e vão de segunda a sexta-feira durante a hora do rush da tarde. Após a reserva dos assentos, os passageiros receberão um e-mail da empresa com um cartão de embarque.

Semelhante às viagens do Uber, o Uber Copter terá preços dinâmicos determinados em grande parte pela demanda.

Nikhil Goel, chefe de produto do Uber Elevate, disse que o percurso médio custará entre US $ 200 e US $ 225 por pessoa, o equivalente a R$ 818 a R$ 920 no câmbio do dia.

Em Manhattan, os helicópteros partem e pousam em um heliporto perto do Staten Island Ferry, enquanto em Kennedy, eles partem e pousam em um heliporto perto do Terminal 8.

Os passageiros serão apanhados ou deixados de carro em Manhattan, e em Kennedy, eles serão encontrados na pista de helicóptero por um outro carro e levados diretamente para o terminal ou apanhados no terminal e levados para a pista de helicóptero, Sr. Goel disse.

Os helicópteros serão operados pela HeliFlite, uma empresa sediada em Newark com uma frota de helicópteros bimotores. Dois pilotos estarão em todos os voos e os passageiros receberão um vídeo com instruções de segurança de 90 segundos antes da decolagem.

Muitos helicópteros, incluindo os que serão usados pelo Uber Copter, não têm espaço nem capacidade de peso para acomodar malas grandes. Os passageiros só poderão levar uma mala pessoal e uma bagagem de mão.


Serviço aéreo da Uber no Brasil

A Uber ainda não detalhou planos de expansão de serviço para outras cidades ou países. Por enquanto, a nossa opção aqui no Brasil é um serviço semelhante da Cabify em parceria com a Voom. É possível voar, na cidade de São Paulo, entre 7h30 e 20h em dias de semana, ou de 10h às 15h aos fins de semana. A solução promete valores até 80% mais barato em relação aos serviços tradicionais de táxi aéreo.

Fonte: NewYorkTimes





17 visualizações